REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

segunda-feira, 5 de março de 2012

As serpentes serpenteiam


O silêncio chega a ser rude
Em sua quietude
Prefiro o agravante em palavras
Pois o que vejo
Não é uma serenidade passível
É algo cortante
Que me fere... Congela-me
Pois dentro dessa passividade toda
Existe uma fúria que me cega
Que me vem feito brisa
A espera de uma fresta
Para virar um tufão
Essa minha amenidade
Assusta-me... Confunde-me
Pois sei que no profundo 
As serpentes serpenteiam
O tempo todo à espreita
Que eu abre as janelas
E solte as minhas feras
Feridas de loucura.

Um comentário:

Matheus-Poeta disse...

A cada dia mais talentosa , a cada dia mais inteligente , parabéns , linda a poesia , como sempre todas as suas escritas são perfeitas , estamos nos aperfeiçoando em poemas e poesias de ficção pelo jeito né mãe? kkk , bjs