REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Ela é um poço... Um abismo profundo


Como ajudá-la?
Se ela não consegue ajudar a si mesma
Se eu a conheço?
Não, nem ela mesma se conhece.
Ela é um poço... Um abismo profundo
O que há dentro dela?
Quem sabe... Talvez só seja o caos
A solidão fria e crescente...
Por conta de suas misérias.
Ela seria uma nada vez nada 
Se não fosse sua força de viver.
Se ela já quis morrer?
Há sim!
 Já esteve várias vezes
Entre a vida e a morte.
A morte de alma
Dos sonhos
No breu de suas cinzas.
Se eu já quis matá-la?
Várias e várias vezes
Sem dó e nem piedade...
Para lhe dar a redenção.
Mas ela é como fênix
ressurge
E ressurge.
...
E ela vai continuar vivendo.
Até o exato momento
Segundo a regra
Da vida
E da morte.
É nesse instante
Que vou... embora.
parto
Sem saber quem sou.
Apenas existi em mim
Do lado fora...


Nenhum comentário: