REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Mulheres


Mulheres não queiram entendê-las...
Basta somente amá-las.
Ame um pouco mais do que fores capaz.
Ame-lhe em um simples gesto de chamego...
Começando por lhe desejar um bom dia ao despertar.
Surpreenda-lhe vez ou outra...
Com um café da manhã na cama.
Faça-lhe um telefonema no meio do dia
Para dizer que a ama.
Lembra de dar-lhe um agrado, um afago...
Independente de datas especiais.
Transforme-lhe as noites em poesia...
Quem sabe com cortejo ao luar.
Convide-a para dançar, ir num cinema.
Talvez um delicioso jantar.
Retribua...
Faça-lhe um elogio 
Quando ela tenta lhe agradar
Fazendo-lhe uma refeição diferente.
Que ás vezes nem fica do jeito que gostaria
Mas o que importa foi a intenção.
Lembre-se: Esta mulher é importante.
É-lhe um presente de Deus.
Se não é possível dar-lhe o céu
Dê a ela uma estrela.
Resgate o amor de cada dia...
O genuíno amor.
Que somente se aprende
Com o valor dessa mulher em sua vida.
Tenha-a sempre dentro da sua casa-coração.
Não deixe que as lutas
As diferenças da vida a dois lhe cegue...
E quiçá lhe roube a emoção de sentir
E retribuir um carinho ofertado.
Ame esta mulher que está ao seu lado.
Nunca a trate com indiferença...
E verás o quanto uma mulher é capaz
De surpreender-lhe ao retribuir o amor recebido.

Lacunas


Penso em nós,
 Lacunas de memória me retornam,
Teimam em voltar.
Parece que o tempo não passou
Somente lembrança me restou
Dos sonhos, da vida
Mas onde estás vida?
É-me apenas uma nostalgia.
Que me atormenta
E alimenta minha dor.
De um tempo de magia.
Que já não pode ser.
Mas como esquecer?
É-me minha sombra agora.
Berço de ânsias e tormentos.
Lacunas de pensamentos.

Silêncio


Falta sol dentro de mim.
Ergo as janelas, mas fico só.
Há-me uma noite
Que nunca dorme...
Não existe mais sonho.
As palavras calam
O silêncio fala.
Revive sentimentos
Que teimam...
Voltam como o vento
Para dentro de mim.
Falando da falta que você me faz.
Trazendo vultos, formas
De quem tanto amei.
Queria estar em paz
Sem esta dor.
Queria  o meu dia
O canto da minha voz
Ao falar de um novo amor.